Imprensa

Voltar

Notícias

02/mai/2012 às 08:01

Cooperhaf solicita agilidade na liberação de atestado final do Bem Morar Erechim

Na manhã desta segunda-feira (30) o presidente da Corsan (Compania Riograndense de Saneamento), Arnaldo Dutra e o Secretário da Sehabs (Secretaria de Habitação e Saneamento do Estado do Rio Grande do Sul), Marcel Frison, visitaram a área de terra onde está sendo implantando em Erechim, o Loteamento Cooperativado Bem Morar. Na ocasião, a presidente da Cooperhaf, Liane Vitali Kothe, explicou brevemente o projeto e solicitou agilidade na liberação do atestado final de viabilidade.

De acordo com Liane, este documento emitido pela Corsan faz parte dos itens a serem anexados na documentação que será encaminhada à Fepam para o pedido da Licença de Instalação (LI) do empreendimento.  Na visita de hoje, o presidente da Corsan, comprometeu-se de que em uma semana o atestado será liberado. “O Loteamento Bem Morar Erechim iniciou em 2009 e neste momento precisamos urgente deste documento, pois iremos anexar à documentação que será enviada à Fepam, para que a mesma possa liberar a Licença de Instalação e nós possamos iniciar as obras no empreendimento o mais breve possível”, afirmou Liane.

Acompanhou também a visita o Deputado Estadual, Altemir Tortelli, o secretário Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, Ivar Pavan, o prefeito municipal de Erechim, Paulo Pólis, a vice-prefeita Ana Lucia Silveira de Oliveira, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura familiar do Alto Uruguai Gaúcho, Ari Pertuzzatti, entre outras.

Vale ressaltar que o Loteamento Bem Morar Erechim está sendo desenvolvido em parceria o Sutraf AU (Sindicato Unificado dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do Alto Uruguai), com a Prefeitura Municipal de Erechim e cooperativa de crédito Cresol.

O empreendimento que tem uma área total de 25 hectares divididos em 350 lotes está localizado na saída de Erechim para Paulo Bento, atrás do Parque da Frinape, é um projeto de habitação que vai beneficiar famílias trabalhadoras através de um loteamento cooperativo.

A ideia é oportunizar, com toda a infraestrutura necessária e sem perder o padrão de qualidade, famílias de trabalhadores adquirirem lote com valor mais acessível do que o mercado imobiliário.

Assessoria de Imprensa da Cooperhaf