Imprensa

Voltar

Notícias

08/out/2012 às 15:08

Entidades e Ministros do Uruguai conhecem trabalho da Cooperhaf

Durante os dias primeiro a três de outubro, o assistente social da Cooperhaf, Diogo Gustavo Sordi, representou a Cooperativa no Seminário de Habitação Rural no Uruguai. Promovido pela Mevir (Movimento para a Erradicação da Moradia Rural Insalubre) o objetivo do evento foi comemorar os 45 anos de atividades da instituição, bem como avaliar a metodologia do trabalho da entidade realizado até o momento.

O primeiro dia de Seminário contou com a presença de diversas autoridades, como o presidente nacional da Mevir, Ariel Diaz, o Ministro de Moradia, Ordenamento Territorial e Meio Ambiente do Uruguai, Francisco Beltrame e do Ministro da Agricultura Tabaré Aguirre. Na oportunidade eles destacaram a atuação da Mevir no país e a importância da Instituição para o trabalho com as famílias no tema habitacional. 

No segundo dia de evento houve duas palestras de professores da Universidade da República, sediada em Montevidéu. Uma retratou as transformações do meio rural uruguaio e outra as concepções arquitetônicas sob uma perspectiva territorial. Como painelistas estiveram presente o pró-reitor de extensão da Universidade da República, o Diretor Geral de Desenvolvimento Rural do Ministério da Agricultura e o ex-membro da comissão honorária do Mevir.

Ainda no segundo dia do evento, foi relatada a experiência habitacional rural da Cooperhaf. Diogo apresentou a metodologia utilizada pela cooperativa, a importância do coordenador municipal de habitação no processo, destacando os projetos Caprichando a Morada e Bem Morar.

Profissionais da Mevir também apresentaram os aspectos construtivos das obras feitas pela instituição, o desafio da inclusão da população nos programas habitacionais, a forma de interveção da Mevir junto a população rural e a participação das pessoas nos programas da Mevir. Como painelistas participaram o representante da faculdade de arquitetura da Universidade da República, o membro da comissão honorária da Mevir e o governador do Estado de Rio Negro.

Na oportunidade, o representante da Cooperhaf entregou ao Ministro da Moradia uruguaia, materiais informativos sobre a Cooperhaf, onde ele destacou a importância da organização rural no Brasil como modelo a ser reaplicado em outros países latino americanos.

No último dia do evento foram visitados empreendimentos da Mevir no Estado de Canelones, próximo a capital uruguaia. De acordo com Diogo, ali se verificou a forma de organização das famílias para a construção sobre regime de mutirão dos empreendimentos, onde cada família deve ceder um mínimo de mão de obra mensal para a construção de suas moradias conjuntamente.

Na parte da tarde, foi realizada capacitação interna entre a Cooperhaf e a equipe da Mevir. Nesta ocasião, foi apresentado um histórico da habitação no Brasil, aprofundada a metodologia da Cooperhaf e explicado sobre o funcionamento do PNHR no país.

A MEVIR

 A Mevir trabalha com empreendimentos isolados rurais na construção ou reforma das moradias, levando se necessária também energia elétrica ao local, e com empreendimentos urbanos em cidades do interior do país. O regime construtivo utilizado é o mutirão, onde a família recebe capacitação durante a construção, com o acompanhamento de engenheiros agrônomos, arquitetos e assistentes sociais. Cada família deve ceder um mínimo 96horas mensal de trabalho em seu empreendimento. Em cada empreendimento existe um experiente mestre de obras que coordena as construções no local. Já foram construídas mais de 25 mil moradias no interior do país vizinho.

 

Assessoria de Imprensa Cooperhaf