Imprensa

Voltar

Notícias

15/out/2012 às 10:08

Fundação BB reaplica tecnologias sociais no Programa Nacional de Habitação Rural

O Banco do Brasil passou a operacionalizar, neste ano, o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), criado pelo Governo Federal para reduzir o déficit habitacional rural. O PNHR faz parte do Programa Minha Casa, Minha Vida e a meta é a liberação de crédito para construção de 100 mil unidades habitacionais rurais até julho de 2014. 

Produtores e trabalhadores rurais com renda anual de até R$ 60 mil, projetos apresentados por mulher chefe de família, idosos e portadores de necessidades especiais, famílias em situação de emergência hídrica, municípios abrangidos pelos Territórios da Cidadania e comunidades tradicionais têm prioridade no atendimento. Os projetos serão apresentados por Entidades Organizadoras, que devem ser instituições sem fins lucrativos, e que tem o papel de fixar os critérios de seleção de demanda, encaminhar os projetos ao Banco do Brasil, gerenciar as obras e de prestar contas.

A Fundação Banco do Brasil participa desse desafio identificando instituições que tenham trabalhado anteriormente em projetos sociais com bom desempenho, para firmarem termo de parceria e cooperação e com isso, atuarem como Entidades Organizadoras na implementação do PNHR junto ao Banco e na reaplicação das tecnologias sociais.

Para contribuir com a capacitação dessas Entidades Organizadoras, a Fundação BB realizará em novembro, em parceira com o Banco do Brasil, oficina sobre o PNHR, com a participação de gestores de entidades organizadoras, pessoas jurídicas de natureza pública ou privada, sem fins lucrativos, parceiras da Fundação, representantes de Tecnologias Sociais que possam ser incorporadas ao PNHR, entidades organizadoras que já tenham operacionalizado o Programa, representantes do Governo, da Fundação e do Banco do Brasil.

Durante o encontro serão debatidos temas como, tecnologias sociais que podem ser utilizadas no processo construtivo das habitações rurais e na formulação do plano técnico de trabalho social; estratégicas para implementação do PNHR, com apresentação de experiências bem sucedidas e o desenvolvimento de modelo referencial para atuação das Entidades Organizadoras no PNHR.

 

Por Dalva de Oliveira