Imprensa

Voltar

Notícias

19/out/2012 às 10:48

Primeiros Contratos do PNHR do país, entre BB e Cooperhaf são assinados em Chapecó

O Banco do Brasil (BB) e a Cooperativa de Habitação dos Agricultores Familiares (Cooperhaf) assinaram com agricultores familiares na última quinta-feira (18), contratos de habitação rural através do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR).  A atividade marcou o início do BB na habitação rural. Foram os primeiros contratos assinados no país via Banco do Brasil, através de parceria e projeto piloto desenvolvido com a Cooperhaf.

Na ocasião foram beneficiadas 16 famílias agricultoras dos municípios de Serra Alta, Modelo e Coronel Freitas. Agricultores da região de Seara e São Carlos também participam do projeto piloto e assinam os contratos na próxima semana.

 As famílias beneficiadas enquadraram-se no Grupo 1 do PNHR. Destas, nove receberão R$ 25 mil de subsídio para a construção da nova moradia e sete irão reformar a casa, por isso vão receber R$ 15 mil reais, totalizando um investimento do Governo Federal em subsídios no valor de R$ 330 mil reais, ou seja, mais de 530 salários mínimos.

O superintendente regional do Banco do Brasil, Alvaro Fertig, falou do anseio do Banco em ver o sonho de financiar habitação rural, materializado. “Para nós é uma alegria muito grande participar deste evento, estamos concretizando um sonho antigo. A Cooperhaf é uma entidade organizada, com experiência e não é por acaso que foi escolhida para ser a pioneira junto ao BB. Estimamos contratar, até ao final de 2014 cem mil unidades habitacionais no Brasil no PNHR, e por isso estamos motivados e acreditamos firmemente nesse propósito”, salientou.

A presidente da Cooperhaf, Liane Vitali Kothe, frisou que para a cooperativa este é um momento muito importante, pois marca o início de uma nova história na Habitação Rural. Salientou que Cooperhaf existe há 11 anos e foi construída por muitas mãos, entre elas a equipe, as lideranças, mas principalmente por agricultores familiares movidos pelo sonho da habitação. ”O dia de hoje significa a realização de mais ou menos 10 anos de luta para incluir também o BB na habitação. Para nós poder contar com mais uma entidade financeira que tem anos de experiência com clientes agricultores é motivo de alegria e satisfação.Nossa expectativa é grande, é por isso que até final deste ano queremos entregar junto ao Banco 1.500 projetos de habitação, divididos nos três Estados do Sul.

Vale ressaltar que a Cooperhaf, de todas as entidades que organizam a habitação, é responsável por 30% da contratação de habitação rural no Brasil e 50 % dos contratos assinados do PNHR em Santa Catarina.

Participaram do evento, além dos agricultores familiares, o deputado estadual Dirceu Dresch, coordenadores estaduais da Fetraf-Sul/Cut, Alexandre Bergamim e Neveral Oliboni, o tesoureiro da Cooperhaf, Ednei Gawenda, a coordenadora da Cooperhaf no Rio Grande do Sul, Adriana Maragno Grando, representantes da Cresol Central SC/RS e dirigentes sindicais da região.

 

Assessoria de Imprensa Cooperhaf