Imprensa

Voltar

Notícias

17/set/2013 às 10:37

Cooperhaf e Fetraf Sul/Cut cobram agilidade do BB na liberação dos projetos de PNHR no PR

O coordenador da FETRAF-SUL/CUT no Paraná, Neveraldo Oliboni, o secretário geral da Federação no Estado, Gilmar Sergiki, o coordenador da Cooperhaf no Paraná, Elizandro Krajczyc, e o tesoureiro da Cooperativa de Habitação, Ednei Gawenda, participaram de uma reunião com a superintendência do Banco do Brasil do Paraná para cobrar agilidade na liberação dos projetos de habitação rural.


As entidades trabalham juntamente com o Banco do Brasil com o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), construindo e reformando as moradias de agricultores familiares dos três Estados do Sul. Nesta segunda-feira, 16, a FETRAF-SUL/CUT e Cooperhaf cobraram da superintendência maior agilidade na liberação dos projetos. “Os nossos agricultores aguardam a liberação dos recursos para iniciar as construções e as reformas de suas casas, esta demora prejudica as famílias que desejam realizar este sonho”, disse Oliboni. A superintendência prometeu que assinará os 260 projetos que estão aguardando liberação no agente financeiro. A FETRAF-SUL/CUT, a Cooperhaf e o Banco do Brasil estipularam a meta de até o final de 2013 liberar mais de 650 projetos do PNHR.


Outro assunto tratado foi sobre o Canal Facilitador de Crédito (CFC), sistema utilizado para encaminhar as operações do Pronaf. “Firmamos um convênio com o Banco do Brasil para que os nossos sindicatos possam encaminhar os projetos e contratações do Pronaf e a nossa meta é de que ainda nesta safra as nossas entidades já possam operacionalizar o sistema”, salientou Neveraldo.


Nesta terça-feira, 17, os coordenadores se reúnem com a Caixa Econômica Federal e Cohapar para tratar sobre as contratações de habitação rural. Também acontece uma reunião com a  Emater para apresentar o projeto de organizar a regularização fundiária em trinta municípios do Paraná.


Fonte: Assessoria Imprensa Fetraf Sul/CUT