Imprensa

Voltar

Notícias

01/nov/2013 às 08:19

Cerca de 170 agricultores familiares da região do AVI serão beneficiados com habitação rural nesta sexta-feira

Agricultores familiares dos municípios de Alfredo Wagner, Aurora, Ituporanga, Pouso Redondo, Rio do Oeste e Santa Terezinha, serão beneficiados com habitação rural e realizarão o sonho de ter uma casa nova nesta sexta-feira, dia 1º de novembro.

O evento de assinatura dos contratos está sendo organizado pelo Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Alto Vale do Itajaí (Sintraf AVI) e ocorrerá entre agricultores familiares, Caixa Econômica Federal (CAIXA) e Cooperativa de Habitação dos Agricultores Familiares (Cooperhaf) a partir das 09h00min horas no Salão Paroquial Santo Estevão - Praça Frei Gabriel, rua 14 de fevereiro, 148 - Centro – em Ituporanga (SC).

Os agricultores serão beneficiados através do Programa Nacional de Habitação Rural Minha Casa Minha Vida (PMCMV - PNHR). Os beneficiados com casa nova enquadraram-se no Grupo 1 (G1) do PNHR e receberão o subsídio no valor de R$ 28.500 para a construção da nova moradia. Já os que irão reformar a moradia, enquadraram-se no Grupo 2 (G2) do PNHR e receberão o valor de até R$ 7 mil de subsídio para reforma de suas casas.

As famílias pertencentes ao grupo G1 são aquelas que têm renda anual de até R$ 15 mil. Elas recebem subsídio máximo de R$ 28.500 mil, do qual devolvem 4% em quatro parcelas anuais. Para famílias enquadradas no G2, cuja renda anual é entre R$ 15 mil e R$ 30 mil, o subsídio pode chegar a R$ 7 mil. Além do subsídio, elas também podem obter financiamento da CAIXA, via Carta de Crédito FGTS, cujo prazo máximo de pagamento é de 10 anos, sendo que o agricultor fará a amortização em até 20 prestações semestrais. A taxa dejuros é de 5% ao ano. 

O PNHR Minha Casa Minha Vida é um programa do Governo Federal, na região tem como entidade organizadora a Cooperhaf e o Sintraf, que é quem cadastra e organiza a documentação das famílias agricultoras que poderão ser beneficiadas e como agente financeiro a CAIXA.

Agricultores familiares autoridades municipais, regionais, estaduais e representantes da Caixa Econômica Federal, dos Sintraf’s da região, Cooperhaf e Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Fetraf-Sul/Cut) participam da atividade.

Assessoria de Imprensa Cooperhaf