Imprensa

Voltar

Notícias

28/nov/2013 às 11:28

Representantes da Cooperhaf e Fetraf-Sul/CUT participam de assinatura de convênio para construção de 18 mil unidades habitacionais no RS

Com a presença de representantes de cooperativas habitacionais e movimentos sociais ligados à moradia, o governador Tarso Genro e o secretário de Habitação e Saneamento Marcel Frison firmaram, nesta quarta-feira (27), no Palácio Piratini, dois convênios com a Caixa Econômica Federal que preveem investimentos de R$ 54 milhões para a construção de 18 mil unidades habitacionais até 2014.

O Secretário geral da Cooperhaf, Ari Pertuzatti e a coordenadora da Fetraf-Sul no RS, Cleonice Back, participaram do evento. A iniciativa tem como objetivo tornar a moradia acessível às famílias organizadas em associações e entidades sem fins lucrativos. 

O governador assinou um Termo de Acordo e Compromisso com a Caixa Econômica Federal que determina o repasse de R$ 30 milhões do Estado - como recurso complementar - ao Programa Minha Casa Minha Vida Entidades, desenvolvido pelo Ministério das Cidades. A previsão é de que 10 mil unidades sejam construídas com os recursos.

O outro convênio, firmado, de acordo com Pertuzatti, foi com o Programa Nacional Habitação Rural (PNHR). Este convênio garante R$ 24 milhões para a construção de 8 mil unidades habitacionais e serão beneficiados agricultores familiares enquadrados no grupo 1 (g1) do PNHR.

Para Pertuzatti, essa é uma grande conquista para a agricultura familiar. “Atender as pessoas de mais baixa renda através do FDS Entidades e do G1 do PNHR dá uma condição muito favorável no exercício ao direito da moradia. Esta parceria com a Caixa vai facilitar a liberação dos recursos, a prestação de contas, enfim a execução dos trabalhos. Estamos contentes, pois o governo atendeu esta nossa reivindicação, para que fosse dessa maneira o repasse do subsídio”, argumentou.

Ao reconhecer o esforço da Secretaria de Habitação e Saneamento (Sehabs), o governador destacou que o Estado, mesmo com dificuldades econômicas, tem desenvolvido programas para reduzir as desigualdades sociais. "Estamos aplicando recursos através do RS Mais Igual, melhorando a agricultura familiar, subsidiando juros ao microcrédito e à habitação popular." O secretário Marcel Frison também destacou a política habitacional do governo, que investe em habitações populares para reduzir o déficit habitacional especialmente nos grandes centros urbanos.  

Assessoria de Imprensa Cooperhaf

Fonte:  Felipe Samuel / Sehabs / Redação Secom