Imprensa

Voltar

Notícias

03/dez/2013 às 09:06

Em Bom Jesus do Oeste, agricultores familiares comemoram conclusão de moradias do PNHR

Agricultores Familiares beneficiados com habitação através do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR Minha Casa Minha Vida), que teve como agente financeiro o Banco do Brasil, participaram na última sexta-feira (29) do Dia na Propriedade Caprichando a Morada. A atividade aconteceu na propriedade do casal de agricultores Daniel Schimitz e Paula Analu Machado, localizada na Linha Vista Alegre em Bom Jesus do Oeste.

Promovido pela Cooperativa de Habitação dos Agricultores Familiares (Cooperhaf) filial Santa Catarina e pelo Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar (Sintraf) de Pinhalzinho e região, o Dia na Propriedade Caprichando a Morada é o evento que marca o encerramento do trabalho técnico social e que comemora a conquista da nova moradia.

De acordo com o coordenador da Cooperhaf em SC, Jandir José Selzler, o Dia na Propriedade Caprichando a Morada, é um momento muito importante, não somente para as famílias beneficiadas, mas para toda a equipe que conseguiu visualizar os resultados dos trabalhos realizados pela Cooperhaf, Sintraf e Banco. “Também ficamos satisfeitos de participar do momento de felicidade das famílias por terem conquistado o direito de uma moradia digna com mais conforto e qualidade. É nesses momentos que visualizamos que quando o trabalho é organizado o resultado é positivo”, salienta.

Para o gerente executivo da diretoria de crédito imobiliário do Banco do Brasil, Lucio Bertoni e também para o superintendente regional do Banco do Brasil, Alvaro Fertig a equipe BB fica feliz de participar da atividade e ver o resultado do trabalho realizado por todos. “Quando vemos o recurso bem aplicado e o efeito que ele provoca, é motivo de muito orgulho pra nós”, argumentou Fertig.

Mais do que marcar a inauguração simbólica das moradias, a atividade foi um momento de comemoração.Neste dia também foi realizado uma reflexão e avaliação sobre os resultados do projeto Caprichando a Morada, observando o impacto do mesmo nas famílias e na comunidade, resgatando de forma prática os conteúdos abordados nas discussões dos cadernos que fizeram parte do projeto social, como o sindicalismo, o cooperativismo, saúde e plantas medicinais e ainda a importância da manutenção e os cuidados com a nova moradia.

Assessoria de Imprensa Cooperhaf