Imprensa

Voltar

Notícias

25/abr/2014 às 13:18

Mais de 1000 pessoas já passaram pela Caravana da Agricultura Familiar no Paraná

A Caravana da Agricultura Familiar do Paraná, organizada pela FETRAF-PARANÁ, já percorreu quatro municípios e reuniu mais 1000 pessoas nos eventos e debates promovidos pela coordenação do evento. Palmeira, Cerro Azul, Reserva e Candói já receberam a Caravana da Agricultura Familiar e nos últimos dias os participantes se reunirão em Guaíra e Capanema.

Entre os assuntos discutidos durante a Caravana estão o Meio ambiente, compras institucionais da agricultura familiar, regularização fundiária, habitação rural, sucessão da propriedade, juventude, água, e produção de alimentos. Em Reserva, os participantes debateram sobre a regularização fundiária das propriedades rurais, pois, no Estado há muitas famílias que não possuem a documentação das terras. “Se o agricultor familiar não possuir a documentação da terra ele não poderá acessar as políticas públicas como o Pronaf. Precisamos solucionar este problema o mais rápido possível”, salientou o coordenador da FETRAF-PARANÁ, Neveraldo Oliboni. A Federação solicitou aos representantes da Secretaria de Reordenamento Agrário do governo Federal e do Instituto de Terras, Cartografia e Geociências a criação de um grupo de trabalho que possa auxiliar nas questões de regularização fundiária no Estado.

            No município de Candói a Caravana da Agricultura Familiar tratou sobre a habitação rural, sucessão das propriedades e a juventude da agricultura familiar. Os jovens solicitaram por políticas públicas específicas, recurso diferenciado e geração de trabalho e renda decentes. “O jovem agricultor quer sinal de celular e internet no campo, quer crédito diferenciado para que ele possa iniciar sua vida no campo, constituir familiar, ter uma moradia digna e permanecer na propriedade”, disse a coordenadora do Coletivo de Jovens da FETRAF-PARANÁ, Josenilda da Cruz Ferreira.

            A Cooperhaf apresentou a demanda de habitação rural no Estado e cobrou mais agilidade na liberação dos recursos. Durante o evento o governo do Paraná repassou a contrapartida no valor de R$ 711,5 mil para o projeto de construção de 300 moradias rurais em 15 municípios das regiões de Francisco Beltrão, Guarapuava e Ponta Grossa.

            Nesta sexta-feira (25) e sábado (26) a Caravana da Agricultura Familiar segue para os municípios de Guaíra e Capanema para discutir as questões relacionadas à água e produção de alimentos.


 

_______________________________________

    Assessoria de Imprensa FETRAF-SUL/ CUT