Imprensa

Voltar

Notícias

31/mar/2015 às 08:47

COOPERHAF REALIZA ASSEMBLEIA GERAL E COMEMORA AVANÇOS NA HABITAÇÃO RURAL

       No dia 26 de março de 2015 a Cooperhaf realizou Assembleia Geral Ordinária, em Chapecó SC. Mais de 400 agricultores familiares e dirigentes da Fetraf dos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná prestigiaram o ato que contou com a presença da Superintendente Nacional de Habitação Rural da Caixa Econômica Federal, Noemi Lemos e do Gerente da Diretoria de Crédito do Banco do Brasil, Nilson da Silva. O objetivo do evento foi discutir o andamento e perspectivas dos programas habitacionais, bem como, prestar contas do exercício de 2014.

       A primeira atividade do dia foi conduzida pelo presidente da Cooperhaf em exercício, Ari Pertuzatti que falou sobre a situação do ‘Programa Minha Casa Minha Vida II’ e apresentou as perspectivas para a terceira edição do programa. Pertuzatti destacou que na próxima semana deverão ser liberados recursos para as obras em execução. “Estivemos reunidos com o Ministério das Cidades e do Planejamento, com a Secretaria Geral da Presidência e com Caixa Econômica Federal na semana anterior e, nos garantiram a finalização delas. Além disso, em abril ocorrerão 10 mil novas contratações em nível nacional. Já, o lançamento do ‘Minha Casa Minha Vida III’ está previsto para o mês de maio”, ressaltou. Pertuzatti lembrou que uma conquista importante da Fetraf e Cooperhaf principalmente tendo em vista o melhoramento da terceira edição do programa, foi a criação e institucionalização de um Grupo de Trabalho da Habitação Rural onde as entidades se reúnem periodicamente com o Governo para discutir melhorias no PNHR.

       Os coordenadores da Fetraf-Sul/Cut também participaram do debate e enalteceram a política de habitação rural, relembraram as conquistas dos agricultores e solicitaram por melhorias no PNHR. “A habitação rural é uma conquista dos sindicatos que se empenharam para levar moradia digna ao meio rural, da Cooperhaf que idealiza esse sonho, da Federação que luta junto ao governo por políticas públicas e, do Governo Federal e dos agentes financeiros que acreditaram nesse sonho e se empenham para torná-lo realidade”, disse o coordenador geral da Fetraf-Sul/Cut, Rui Valença.

       Entre as reivindicações da agricultura familiar para o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) está o aumento do valor da Declaração de Aptidão ao Pronaf para enquadramento dos agricultores e do subsídio, diminuição da taxa de juros e aumento do prazo para pagamento. Permitir que as famílias beneficiadas com programas habitacionais anteriores possam acessar o PNHR e garantir o orçamento do Ministério das Cidades para a habitação rural é realizar mais sonhos e manter o jovem na propriedade rural.

       A Superintendente Nacional de Habitação, Noemi da Aparecida Lemos, afirmou que o Governo Federal está trabalhando para adequar o programa e atender as demandas. “Tentamos melhorar a política pública para que mais pessoas possam acessá-la”, disse. Noemi também elogiou o trabalho da Cooperativa. “A Cooperhaf faz casa boa e de qualidade e entrega a chave para o agricultor com orgulho”, finalizou a superintendente.

       Mais de 39 mil moradias já foram construídas e reformadas pela Cooperhaf, destas, mais de 12 mil através do PNHR. O presidente em exercício, Ari Pertuzatti destacou os avanços da cooperativa desde a sua fundação, em 2001. “A Cooperhaf nasceu no RS na época em que o único programa de habitação para o campo oferecia R$ 1.500,00 por família e era voltado apenas para reformas. Em 2014 o subsídio chega aos R$ 28.500,00 e alcançamos a marca de 33 mil contratações no Sul do Brasil. Nos orgulhamos pela Cooperhaf ser atualmente uma referência no assunto, com participação ativa, inclusive na construção das políticas públicas habitacionais” pontuou. Ari, também ressaltou sobre os empreendimentos urbanos que estão em execução com previsão de conclusão das obras até o final do ano.

       Pela parte da tarde houve exposição do balanço geral de 2014, prestação de contas, eleição e posse dos componentes do Conselho Fiscal e a apresentação das diretrizes para o ano corrente. A expectativa é contratar, neste ano, todos os projetos habitacionais rurais que estão nos agentes financeiros além de executar novas propostas pelo ‘Minha Casa Minha Vida III’.

       Participaram também da Assembleia, o representante da Fetraf Brasil, Celso Ricardo Ludwig, a representante do deputado federal Pedro Uczai e do deputado estadual Dirceu Dresch, os Superintendentes da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, prefeitos e vereadores.

 

 

       ____________________________

       Assessoria de Imprensa da Fetraf-Sul/CUT