Imprensa

Voltar

Notícias

03/jun/2015 às 08:08

COOPERHAF INAUGURA PROJETO DE HABITAÇÃO URBANA PIONEIRO NO SUL DO PAÍS

Empreendimento de mais de R$ 2 milhões ofereceu nova condição de vida para 42 famílias ribeirinhas de Jacutinga

 

Uma oportunidade de mudança radical de vida para 144 pessoas que viviam em situação de extrema pobreza e que a partir de agora têm uma casa própria, com toda a infraestrutura, fruto de muito trabalho coletivo e um investimento de mais R$ 2 milhões de Reais. Esse é o retrato do projeto pioneiro em habitação urbana para famílias carentes, desenvolvido pela Cooperativa de Habitação dos Agricultores Familiares da Fetraf (Cooperhaf) que na última segunda-feira (01) inaugurou o loteamento “Bairro Renascer” na cidade gaúcha de Jacutinga. O ato, histórico para a Cooperhaf e para as 42 famílias beneficiárias que viviam em barracos nas margens do Rio Jacutinga, reuniu dirigentes sindicais do Sul do Brasil, representantes da Fetraf, da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), parlamentares, prefeito, secretários e vereadores municipais além da Superintendente Nacional da Habitação Rural da Caixa Econômica Federal, Noemi Aparecida Lemes.

 

Trabalho da Cooperhaf foi fundamental para o sucesso do empreendimento

 

A entrega simbólica das chaves aconteceu às 9 horas da manhã, no empreendimento habitacional. A Superintendente de Habitação da Caixa destacou a relevância do trabalho executado pela Cooperhaf. “Para nós, a Cooperhaf é referência nacional pelo magnífico trabalho desenvolvido em prol da habitação no Sul do Brasil”, enfatizou. O secretário geral da cooperativa, Ari Pertuzatti, falou da importância do projeto para as famílias beneficiadas e da satisfação em entregar mais um empreendimento. “É uma alegria muito grande ver que o nosso trabalho proporciona uma nova condição de vida para as pessoas. A felicidade estampada no rosto dessas famílias é o melhor reconhecimento e motivo de seguir em frente com nossa atuação”, exclamou.

As 42 casas cuja construção iniciou em janeiro de 2014 possuemaquecimento solar, coleta de lixo, esgoto, pavimentação frontal, água e luz, além um jardim e uma horta.Fruto da parceria entre Cooperhaf e prefeitura municipal de Jacutinga, através do programa “Minha Casa Minha Vida Entidades” o empreendimento custou cerca de R$ 2,1 milhões numa média de R$ 49 mil por unidade que serão pagas pelos beneficiários, em 10 anos, com prestações que variam de R$ 25 a R$ 80 mensais, conforme a renda das famílias.

 

Projeto Social da Cooperhaf vai muito além da habitação

 

A partir desta quarta-feira (03) as famílias iniciarão a mudança para os novos lares. No entanto, o trabalho social realizado pela Cooperhaf e entidades parceiras como a UFFS, acompanha o andamento das obras. Desde 2014 foram desenvolvidas diversas oficinas de qualificação, ministrados cursos em diversas áreas, tais como, artesanato, jardinagem, reciclagem, preparação de mudas de hortaliças, dentre outros. Ainda, foram instaladas no empreendimento duas estufas coletivas, uma de flores e outra de hortaliças, para viabilização de renda aos novos moradores. Este trabalho, com objetivo de proporcionar autonomia e recuperar a autoestima das pessoas segue por mais seis meses. “É muito gratificante desenvolver essas atividades focadas na integralidade das necessidades das pessoas e acompanhar a evolução delas que, se retrata na recuperação da dignidade e autoestima”, salienta a coordenadora da Cooperhaf no Rio Grande do Sul, Adriana Grando. 

 

 

Fotos: Andressa Durante e Claudio Henrique Giacomini
 

_____________________________ 

Fabiane Altíssimo

Assessoria de Imprensa Fetraf RS