Imprensa

Voltar

Notícias

04/ago/2016 às 15:45

INAUGURADO LOTEAMENTO RECANTO VERDE EM FORMOSA DO SUL SC

            No último dia 28 de julho, foi realizado em Formosa do Sul, o ato solene de inauguração das 46 unidades habitacionais do Loteamento Recanto Verde. A implantação do conjunto habitacional iniciou em 2009 e foi realizado em parceria com o Governo Federal, a Cooperativa de Habitação na Agricultura Familiar (Cooperhaf), o município de Formosa do Sul e a Caixa Econômica Federal através do Programa Minha Casa Minha Vida Entidades (MCMV_E). A Tectus foi a construtora responsável pela construção das casas. O empreendimento, destinado às famílias com renda de até R$ 1,6 mil (Faixa I), recebeu investimento total de R$ 2,25 milhões com recursos do Fundo de Desenvolvimento Social (FDS). A Cooperhaf foi a entidade organizadora responsável pela execução do projeto.

            O conjunto habitacional é composto por 46 casas, com área construída de 50,89 metros quadrados cada, distribuída em dois quartos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço e varanda, com piso cerâmico em todos os ambientes, aquecimento solar e cobertura com telhas de concreto.  Cada unidade habitacional teve um repasse do Governo Federal de R$ 49.000,00. O empreendimento como um todo soma um valor de investimento em aproximadamente R$ 3 milhões – beneficiando mais de 180 pessoas.

            Atendendo às exigências de qualidade do PMCMV, o residencial é equipado com infraestrutura completa, pavimentação, redes de água, tratamento de esgoto (fossa, filtro e clorador), drenagem e energia elétrica.

            Além da construção das casas, as equipes técnicas da Secretaria de Assistência Social do município e da Cooperhaf desenvolveram o trabalho social junto às famílias – com oficinas de capacitação, reuniões, encontros, visitas domiciliares.

            A seleção das famílias foi feita de acordo com os critérios do programa – que além da renda, prioriza famílias com mulher chefe de família, idosos, pessoas com deficiência e pessoas que residem em área de risco. A parcela a ser paga ao Fundo de Desenvolvimento Social de cada família é de 5% da renda bruta mensal num período de 120 meses.

            Participaram do ato a superintendente nacional de habitação rural da Caixa, Noemi da Aparecida Lemes; o prefeito Jorge Antonio Comunello, a superintendente regional da Caixa, Maria Claudia Sakai, o presidente da Cooperhaf, Jandir Selzler, o tesoureiro da cooperativa Ari José Pertuzatti, o secretário geral da Cooperhaf Elizandro PauloKrajczyk, o deputado estadual Dirceu Dresch, secretários (as) municipais, o representante da construtora Tectus Douglas Dall Agnol, os diretores da Cresol Central RS/SC Braulio Zatti e Miguel Antônio Steffens. Participaram ainda pela Caixa o gerente executivo de habitação, Gilvan Calegaro, o gerente geral da Agência de Quilombo, Leandro Damo.

            Para a Cooperhaf como entidade organizadora, participar de um projeto como este é de grande satisfação, pois, o resultado do trabalho em equipe dos diferentes atores envolvidos no processo garante a melhoria na qualidade de vidas das famílias beneficiadas.

           Através do Minha Casa Minha Vida Entidades a cooperativa já concluiu um empreendimento com 42 unidades habitacionais concentradas em Jacutinga RS, está em andamento um empreendimento em Renascença PR com 08 unidades habitacionais pulverizadas e em Marmeleiro PR está iniciando um empreendimento com 40 unidades habitacionais concentradas.

 

_______________________________

Assessoria de Imprensa da Cooperhaf